Suspeito de executar policial civil morre após troca de tiros com PM

trocadetiros

Um jovem suspeito de ter executado o policial civil José Clério, na semana passada, faleceu na tarde desta quarta-feira (27), após uma troca de tiros com militares no bairro do Trapiche da Barra, na capital.

Segundo informações do tenente Cardoso do 1º BPM, “Deisinho do Gama Lins” estava com outro rapaz conhecido como “Neguinho”, e supostamente outros comparsas no momento. Eles estavam planejando roubar um carro no momento que foram abordados. Deisinho reagiu efetuando disparos contra os policiais que revidaram contra ele.

Ainda de acordo com o tenente, Deisinho estava sendo monitorado pelo Setor de Inteligência da Polícia Militar quando armou a emboscada para assaltar o carro, mas foi surpreendido por militares.

Com relação à participação do suspeito na morte do policial José Clério, o tenente contou que uma adolescente de 16 anos que está detida, reconheceu que o Deisinho é um dos suspeitos do envolvimento da morte do policial civil.

Durante a ação, Neguinho fugiu do local e os militares estão fazendo buscas na região encontrá-lo. Deisinho foi levado ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas a assessoria de comunicação afirmou que ele já chegou em óbito.

Raíssa França