Rodolfo se disfarça de frade para se encontrar com Catarina

Enquanto não consegue anular seu casamento, Rodolfo (Johnny Massaro) vai tentar enganar Lucrécia (Tatá Werneck) de todas as formas para que possa se encontrar com Catarina (Bruna Marquezine), que está presa no castelo de Montemor. Em mais uma tentativa de driblar os olhares atentos da esposa, ele se disfarça de frade para entrar no quarto da princesa.

Ele é acompanhado até o quarto por Lucíola (Carolina Ferman), mas eles se deparam com Latrine (Júlia Guerra) à porta do quarto de Catarina: ‘Até onde me consta, a princesa está proibida de receber visitas. Ordens do rei. E da rainha’

“Não se trata de uma visita. É um frade! Os prisioneiros têm o direito de se confessar.”

Contrariada, Latrine abre passagem para o frade, sem nem desconfiar que se trata de Rodolfo. O rei entra no quarto de Catarina, que leva um susto ao vê-lo

“Rodolfo! Você está louco?!”

“Eu precisava dar um jeito de vê-la.”

Catarina não fica nada feliz ao receber o rei em seu quarto. Ela ainda está preocupada com o fato de ele não ter anulado seu casamento com Lucrécia

“Eu não aguento mais ficar aqui neste maldito quarto!”

‘Afinal, qual é a dificuldade de se livrar de uma mulher como Lucrécia?’

“É muita humilhação para alguém da minha estirpe. E também para você. É patético que se preste a um papel ridículo como este. Este castelo é seu! Você é o rei!”

Mas antes que Rodolfo pudesse responder, Lucrécia chega de surpresa ao quarto de Catarina, e Lucíola tenta impedir a entrada da rainha, pedindo que ela respeite a confissão da princesa, mas de nada adianta.

“Se eu tivesse que esperar Catarina terminar de confessar todos os seus pecados, teria que voltar aqui só no ano que vem.”

A rainha de Montemor entra no quarto pegando os dois amantes de surpresa, mas Catarina é rápida e consegue disfarçar: ‘Até mesmo os presos têm direito de buscar um pouco de conforto para alma’

‘Isso para quem tem alma, suponho’, debocha Lucrécia

“Melhor seria excomungá-la de uma vez!”

“Essa mulher tentou se aproveitar do fato de o meu marido ser um homem um tanto fraco. Infantil, tolo, hesitante…”

Rodolfo continua ali escutando tudo, incomodado com as palavras da esposa, mas sem estragar o disfarce, e Catarina consegue fazer com que ele saia dali o mais depressa possível.

“O senhor me desculpe, frade. Talvez seja melhor voltar outro dia.”

Essa foi por pouco, hein? Continue acompanhando Deus Salve o Rei

14/03/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *