Quintella: Duas grandes obras em rodovias federais sairão do papel

mauricio-e-renan

O Ibama emitiu, nesta quinta-feira (16/06), a licença ambiental para o início das obras da BR-316. Além disso, outro importante empreendimento rodoviário no sertão alagoano, referente a trecho da BR-423/110 também poderá ser iniciado nos próximos dias.

Os projetos já contam com recursos assegurados, fruto de uma parceria entre o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, e o governo de Alagoas, com o apoio da bancada do Estado.

Os projetos atendem a uma reinvidicação antiga dos moradores de Alagoas, além de contribuir para uma maior integração da região, redução dos custos de produtos e melhores condições de segurança e conforto dos moradores.

Segundo o ministro Maurício Quintella, as obras são fundamentais para o estado e beneficiarão, diretamente, o povo sertanejo: “Esses empreendimentos viabilizarão ainda mais o desenvolvimento do estado de Alagoas tanto na área de transportes, como também, no crescimento econômico da região”, disse.

A primeira obra é a construção e pavimentação da BR-316/AL entre o povoado de Carié, em Canapi/AL, e a cidade de Inajá/PE. O empreendimento possui 49,8 km de extensão. O projeto já está contratado e terá investimento total no valor de R$ 60 milhões. A responsável pelo trecho será o Consórcio Ápia/Convap/Consol.

Também serão iniciados os serviços de revitalização (manutenção estruturada CREMA) das BR-423 e BR-110 (Trecho Div. PE/AL – Divisa AL/BA), totalizando 117,2 km de extensão. O contrato prevê que a empresa restaure e mantenha o trecho por cinco anos. Inicialmente, será realizada a recuperação do pavimento e das pontes, melhorias nos dispositivos de drenagem e também na sinalização rodoviária. Na sequência, a empresa fica responsável pelas atividades de manutenção e conservação da área. O investimento total será de R$ 48,4 milhões e serão executadas pela Empresa Ápia.

Fonte: Assessoria Ministério dos Transportes