Produtores de leite protestam contra portaria do Ministério da Agricultura

leite-de-vaca

Os produtores de leite do Nordeste, em especial de Alagoas que vai pedir socorro a bancada federal estão revoltados com a decisão do Ministério da Agricultura publicado no Diário oficial da União no dia 21, que autorizou, pelo período de um ano, as indústrias de laticínios da região da Sudene a reconstituir leite em pó para a produção de leite longa ida(UHT) e leite pasteurizado.

A norma desagradou, não apenas os produtores de leite da região da Sudene, mas como todo o Brasil, uma vez que o Ministério da Agricultura atendeu única e exclusivamente os interesses da Indústria de laticínios , demonstrando assim, total falta de sensibilidade com o setor de produção primária, que por várias vezes, já havia manifestado contrário ao pleito da indústria.

Nos últimos meses, todas as federações de Agricultura da região Nordeste do pais, oficializaram ao Ministério da Agricultura posicionamento contrário ao pedido das indústrias Lastalis.

O próprio Ministério reconhece que a medida não é benéfica para o pais, porém abre exceção para atender interesses comerciais da indústria de laticínios , que lança mão de todos os artifícios para aproveitar a valorização de 58,5% nos preços do leite longa vida no acumulado de junho.

Blog Bernardino Souto – diarioarapiraca.com.br

27/07/16