Preço do açúcar em NY ultrapassa a barreira dos 20 cents

SANTOS, SP, BRASIL,17-09-2010, 15H.  *Infraestrutura de exportacao de acucar no porto de Santos.  Operacao de embarque (navio)  no terminal acucareiro da Rumo Logistica e vagoes e caminhoes esperando para descaRREGAR NO PATIO DA EMPRESA  no Porto.(Foto: Luiz Carlos Murauskas/Folhapress - 0614 -  Mercadoo) ***EXCLUSIVO FOLHA****

Os futuros de açúcar demerara não confirmaram o viés de queda e fecharam em alta expressiva ontem na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). Com os temores quanto às geadas no Centro-Sul do Brasil já dissipados, participantes focaram suas atenções aos problemas climáticos na Índia e na Tailândia, onde a safra 2016/17 se desenvolve.

“As chuvas de monções na Índia estão, em média, 25% abaixo do normal. Na parte central do país, chega a ser 43% menos”, comentou Michael McDougall, diretor do Société Générale, em Nova York. Segundo ele, as precipitações também estão aquém do esperado na Tailândia. Ambos os países dependem da umidade de agora para que a cana esteja em condições ideais de corte a partir de outubro, quanto tem início a temporada do Hemisfério Norte.

Esse clima mais seco também voltou a ser observado no Brasil, mas neste caso a informação é baixista. Após as fortes chuvas e frio na primeira quinzena de junho, as usinas estão novamente colhendo e moendo a todo vapor no Centro-Sul. “O frio diminui ainda mais em relação aos dias anteriores e já não há mais potencial para formação de geadas em nenhuma área. À tarde, as temperaturas continuam em elevação”, destacou a trading SCA. “Nos próximos dias, as temperaturas sobem, mas a partir do domingo, no entanto, a passagem de uma frente fria pela costa do Sudeste causa declínio da temperatura máxima em parte do Sudeste”.

A movimentação de ontem fez o suporte inicial voltar para 19,50 cents/lb. A principal resistência continuava em 20 cents/lb, mas ela foi quebrada na manhã de hoje (16).

xacucar-160616-1.png.pagespeed.ic.VpDWVJA7rK

Ontem, julho subiu 42 pontos (2,17%) e encerrou em 19,76 cents/lb. Outubro avançou 43 pontos (2,21%) e terminou em 19,85 cents/lb, com máxima no dia de 19,87 cents/lb (mais 45 pontos) e mínima de 19,37 cents/lb (menos 5 pontos). O spread julho/outubro variou de 8 para 9 pontos de prêmio para o segundo contrato da tela.

xacucar-160616-2.jpg.pagespeed.ic.bSxm5ESkE7

Nos portos brasileiros, o total de navios que aguardam para embarcar açúcar diminuiu de 59 para 45 na semana encerrada nesta quarta-feira, segundo levantamento da agência marítima Williams Brazil. O relatório considera embarcações já ancoradas, aquelas que estão ao largo esperando atracação e também as que devem chegar até o dia 4 de julho.

Foi agendado o carregamento de 1,72 milhão de toneladas de açúcar. A maior quantidade será embarcada no Porto de Santos (SP), de onde sairão 1,36 milhão de t, ou 79% do total. Paranaguá responderá por 20% (348,50 mil t); e Maceió, por 1% (18 mil t).

E hoje a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) atualiza, a partir das 10 horas, os dados de safra no Centro-Sul do País até a segunda quinzena de maio. Até a primeira metade do mês passado, o processamento atingia 108,5 milhões de toneladas (+57,6%).

O Indicador de Açúcar calculado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP) fechou a quarta-feira em R$ 84,28/saca (+0,21%). Em dólar, ficou em US$ 24,33/saca (+0,95%). A moeda norte-americana fechou em R$ 3,4714 (-0,25%).

xacucar-160616-3.jpg.pagespeed.ic.11BbNVjSR_

Nova Cana