Pai publica primeira foto de bebê que sobreviveu por quatro meses no ventre da mãe com morte cerebral

lourenco
No último dia 7 de junho, um bebê nasceu no hospital São José, em Lisboa, Portugal, após passar quase quatro meses no ventre da mãe, internada desde fevereiro em estado vegetativo, após uma forte dor de cabeça e uma posterior hemorragia cerebral. À época, Sandra Pedro estava grávida de 17 semanas.

O pequeno Lourenço Salvador veio ao mundo por meio de cesariana, pesando pouco mais de 2,3 kg. Sua mãe, então, teve os aparelhos finalmente desligados após o nascimento do filho. E, neste fim de semana, Miguel Faria, pai de Lourenço, publicou sua primeira selfie com o filho (foto acima).

Miguel contou detalhes do drama familiar ao jornal britânico “Mirror”. Segundo ele, os médicos estavam dispostos a desligar a aparelhagem de Sandra definitivamente no domingo, após uma nova e forte hemorragia cerebral.

No entanto, no dia 7 ouviram um batimento cardíaco que demonstrava que o pequeno Lourenço ainda estava com vida. A equipe do hospital, então, decidiu realizar a cesariana, após os 107 dias em que Lourenço passou dentro do ventre da mãe.

“Eu ainda não estou autorizado a segurá-lo. Lourenço ainda está na incubadora. Todos os dias chego ao hospital e pergunto aos enfermeiros se posso tocá-lo. Eu não consigo parar de sorrir, especialmente quando ele está bocejando e se espreguiçando. Ele faz uma cara carrancuda”, contou Miguel ao “Mirror”.
EXTRA