Orla de Maceió terá equipamentos e serviços padronizados

csm_cadeiras_de_praia_d45e88ad99
Imagem Ilustrativa

Por meio do programa Mais Maceió, uma das propostas da Prefeitura Municipal é criar normas de padronização, limpeza e melhoria dos serviços oferecidos na orla da cidade para proporcionar maior conforto aos frequentadores da praia.

Além disso, a ideia é que todo mobiliário (cadeiras, mesas e guarda-sóis) sejam disponibilizados gratuitamente aos prestadores de serviços que atuam comercializando bebidas e comidas na faixa de areia, com foco na qualidade para os banhistas e melhores condições de trabalho para ambulantes. Para isso, a Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur), em parceria com a Secretaria Municipal de Convivência Urbana (SMCCU), estão atuando na elaboração de decretos e na articulação direto com os ambulantes cadastrados pela Prefeitura.

Reunião

Na última quinta-feira (03), cerca de 200 destes prestadores de serviços participaram de uma reunião na Associação Comercial de Maceió para atualização sobre os projetos ligados ao Programa Mais Maceió, que vão impactar diretamente sua atividade.

“A reunião foi uma etapa participativa do plano de reordenamento e padronização da faixa de areia da orla de Maceió”, explicou Michael Chinelato, diretor de desenvolvimento da Semptur.  “A partir da aprovação desse decreto, teremos duas classificações de ambulantes fixos e os móveis. Isso vai favorecer tanto a padronização dos serviços, a visibilidade dos ambulantes e  o trabalho de fiscalização de órgãos públicos. Além disso, a ação vai propiciar a redução de custo do ambulante visto que o projeto contempla a possibilidade de parcerias com a iniciativa privada para que o ambulante possa receber o seu equipamento de trabalho gratuitamente”, acrescentou.

Durante a reunião, os ambulantes foram ouvidos para a criação de normas. Uma das discussões levantadas ente eles foi a possibilidade de transferência de titularidade do ambulante para um parente de primeiro grau em caso de óbito.  Michael explica que a viabilidade dessa alteração precisa ser discutida, mas avalia que é uma demanda legítima para que os filhos dos prestadores de serviço tenham condições de darem continuidade ao trabalho dos pais.

Melhorias na orla

Em 2016, a orla Maceió foi contemplada com ações do projeto Praia Viva, que propiciou a implantação da coleta seletiva no trecho que vai da Pajuçara até a Jatiúca com a instalação de 50 lixeiras. No próximo dia 09, também será inaugurado o projeto Praia Digital, que propiciou  nove pontos de acesso a internet gratuita na orla.

Secom Maceió