Moradores se comovem com acolhimento de jovem dependente de álcool

Moradores do Centro de Paulo Jacinto, município distante 99 km de Maceió, comoveram-se ao ver o acolhimento voluntário de um jovem de 23 anos dependente de álcool. O jovem, que terá a identidade preservada, foi abordado por uma equipe de Anjos da Paz, durante visitas domiciliares na cidade, nessa segunda-feira (7) e terça-feira (8).

Durante a ação, psicólogos e assistentes sociais conscientizaram o rapaz, que faz uso de álcool desde os 10 anos, sobre os perigos das drogas. A equipe ofereceu tratamento gratuito dentro do programa da Rede Acolhe, vinculado à Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev).

“Ele foi encaminhado a uma das 37 comunidades acolhedoras credenciadas pelo Governo de Alagoas, onde passará seis meses acompanhado de profissionais capacitados no intuito de se livrar da dependência química”, explicou a gerente de Recuperação e Acolhimento da Seprev, Conceição Sales.

Amigos e familiares comemoraram a decisão do acolhido e desejaram boa sorte no tratamento. A mãe do dependente disse que torcia por esse momento há muito tempo. “É um bom menino, mas infelizmente começou a beber muito cedo. Estamos na torcida para que dê tudo certo e ele se afaste do álcool de uma vez”, disse ela, que também terá a identidade preservada.

Ainda em Paulo Jacinto, os Anjos da Paz encaminharam um dependente químico, de 31 anos, para acolhimento, e outro de 17 anos, será levado para uma comunidade na próxima sexta-feira (11). Os profissionais realizaram ainda palestra na Escola Estadual José Medeiros sobre os riscos do uso abusivo de álcool e outras drogas.

Ascom – 09/08/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *