Menino que viveria até os dois anos contraria a medicina e comemora 30 anos com viagem ao lado do pai

dallan2

Imagine só receber seu filho recém-nascido nos braços e, junto a esta maravilha, a notícia de que ele não viveria por mais de dois anos. Foi o que aconteceu com Chad Cloward assim que Dallan nasceu. O garoto é portador da síndrome de Wolf-Hirschhorn, que causa atrasos no desenvolvimento físico e também no intelectual. Passado o tempo (muito tempo, até), o pai tem uma notícia aos médicos: Dallan ainda vive e muito feliz. Comemora no próximo dia 12 seus 30 anos com uma viagem inesquecível na companhia de seu melhor amigo.

Chad e o filho saíram em viagem no dia 27 de junho, começando com um acampamento no Grand Canyon. Ainda vão passar pelo México, onde Dallan provará as comidas típicas e pra lá de apimentadas, além da Disney.

“Amo ver o Dallan desafiando as estatísticas. Foi importante para mim fazer algo especial para marcar essa conquista na vida dele”, disse o pai ao site norte-americano Today Parent.

Ao montar o roteiro, Chad ainda contou com a ajuda de usuários do Facebook. Ele pediu sugestões de lugares e atividades que se tornassem inesquecíveis para o filho e recebem mais de centenas de opiniões diferentes. “Não sei quanto tempo ainda me resta com ele, então quero aproveitar ao máximo”, completa.

O Viral