Inspeção de rotina apreende drogas e celulares em presídio de Maceió

Armas também foram achadas em celas do Baldomero Cavalcanti.
Presidente do Sindapen diz que materiais entram durante as visitas.

whatsapp_image_2016-11-23_at_21-14-36

Agentes penintenciários encontraram, na noite desta quarta-feira (23), durante uma inspeção de rotina armas, celulares e drogas nos módulos 3 e 4 da penitenciária masculina Baldomero Cavalcanti de Oliveira, em Maceió.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Penintenciários de Alagoas (Sindapen), Kleyton Anderson, esses materiais entram no presídio devido ao estado precário dos equipamentos de revista.

“Com exceção das facas, que são feitas com materiais que os detentos arrancam das celas, o resto entra nas visitas. Nós não temos equipamentos eficientes, apenas o detector de metais”, explica.

O presidente do Sindapen ainda conta que as penintenciárias estão esperando por equipamentos de fiscalização que foram utilizados durante os Jogos Olímpicos de 2016. “São scanners corporais que permitem uma revista muito mais completa do que a que fazemos hoje, sem expor o agente e o revistado”, conta Kleyton.

g1

24/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *