Incidente com macaco causou confronto com 16 mortos na Líbia

b028f598471b93055c47c8496146c182Um incidente envolvendo um macaco foi a causa inicial de um confronto tribal de quatro dias que deixou ao menos 16 pessoas mortas e 50 ficaram feridas na Líbia. A disputa entre duas facções rivais ocorreu na cidade de Sabha, no sul do país.

Segundo a agência Reuters, moradores relataram que o surto de violência começou de modo inusitado, depois que um macaco pertencente a um comerciante da tribo Gaddadfa atacou um grupo de garotas estudantes que passavam pelo local.

O macaco teria puxado o véu islâmico de uma das garotas, fazendo com que integrantes da tribo Awlad Suleiman matassem, em retaliação, três homens da tribo Gaddadfa, além do macaco, segundo um morador local que falou com a Reuters.

“Houve um aumento na violência no segundo e terceiro dias, com uso de tanques, morteiros e outras armas pesadas”, disse o morador à Reuters pelo telefone, falando na condição de anonimato por temer por sua própria integridade física.

Como em outras partes da Líbia, a cidade de Sabha tem sido constantemente atormentada por conflitos desde o levante que derrubou Muammar Gaddafi há cinco anos e dividiu o país entre duas facções em eterna disputa.

 

Yahoo

21/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *