IMA fiscaliza lava a jatos na Área de Proteção Amabiental do Catolé e Fernão Velho

Ação visa regularizar e advertir atividades potencialmente poluidoras

688b5e6b9408830bd4fed495e600cde1_L

Técnicos do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) vistoriaram diversos lava a jatos situados na Área de Proteção Ambiental (APA) do Catolé e Fernão Velho. Dos seis empreendimentos monitorados, cinco possuíam irregularidades.

A equipe passou pelos bairros Santa Amélia e Rio Novo, na última terça-feira (27), e pelos municípios de Satuba e Santa Luzia do Norte. Os fiscais encontraram apenas um lava a jato que atendia às normas e instalações específicas para o tipo de empreendimento. Também foi verificado um estabelecimento desativado.

Em Santa Luzia do Norte os técnicos aplicaram uma multa no valor de R$ 1.200 mil pela falta de um sistema de contenção. Marco Diniz, assessor da APA do Catolé e Fernão Velho, ressaltou a importância da ação para coibir casos como esse. “As operações têm também como foco outros empreendimentos, como postos de gasolina”, explicou.

Dois estabelecimentos em Santa Amélia e outro em Santa Luzia do Norte receberam advertências dos técnicos para instalar uma caixa separadora de água e óleo e atender às demais normas. Os proprietários terão um prazo de 30 dias para adequação, podendo ser interditados caso não cumpram com o prazo estabelecido.

Klaus Roger – Agência Alagoas

27/07/16