Hospital Helvio Auto fará testes para detectar Hepatites B e C abertos à população

Testagem será no dia 27/07 (quarta-feira) e faz parte das ações do Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais

345368fa31a6f385890f807df14a6a2c_XLTestes serão realizados pela equipe do Serviço de Assistência Especializada (SAE) do Hospital Helvio AutoAna Paula Tenório

O Hospital Escola Dr. Helvio Auto oferecerá exames de testagem abertos à população para detectar hepatites B e C, em seu Serviço de Assistência Especializada (SAE), das 8h às 16h no dia 27 de julho, próxima quarta-feira. A realização dos testes faz parte das ações do dia 28 de julho, considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais.

As hepatites constituem um problema de saúde pública no Brasil e no mundo, pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

Como hospital de referência em doenças infectocontagiosas no estado de Alagoas, o Hospital Helvio Auto se integra às ações do Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais por meio de seu Serviço de Assistência Especializada (SAE) que atende ambulatorialmente pacientes com HIV/AIDS, Hepatites, HTLV etc.

“Nas Últimas duas décadas o Hospital Escola Hélvio Auto abraça essa grave causa de Saúde Pública prestando serviços assistenciais por meio do ambulatório de Hepatites no SAE e de prevenção com o Centro de Referência para Imunobiológicos (Crie)”, explicou a médica infectologista Rosileide Alves, especialista no tratamento de pacientes com hepatites no HEHA.

 No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Elas nem sempre apresentam sintomas, mas quando aparecem podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

Milhões de pessoas no Brasil são portadoras do vírus B ou C e não sabem. Elas correm o risco de as doenças evoluírem para forma crônica e causarem danos mais graves ao fígado como cirrose e câncer, por isso a importância da realização do exame para detectar a hepatite.

Ana Paula Tenório – Agência Alagoas