Homem pega 51 anos de prisão por homicídios em União dos Palmares

Pai e filho foram mortos em 2015; outro membro da família ficou ferido. Processo afirma que Cícero da Silva cometeu o crime na casa das vítimas.

tj

A Justiça condenou Cícero da Silva a 51 anos e 4 meses de prisão em regime inicialmente fechado pelo assassinato de João Alves e do filho dele, Janiel Silva, no município de União dos Palmares, em 2015. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (23).

De acordo com o Tribunal de Justiça, o réu, conhecido como Jacaré, vai cumprir pena também por tentativa de homicídio contra Jenilson da Silva, outro filho de João Alves que sobreviveu ao atentado. O julgamento foi realizado na terça (22).

Segundo consta no processo do Ministério Público do Estado de Alagoas (MP-AL), no dia 22 de março de 2015, Cícero da Silva estava bebendo em frente a uma casa no povoado Várzea Grande, na companhia do irmão, Jaelson da Silva, e de Jenilson.

Na ocasião, houve um desentendimento entre eles e depois o réu invadiu a casa das vítimas e as executou. Ainda segundo a acusação, o crime aconteceu na companhia de outros homens, que foram denunciados pelo MP-AL, mas não foram pronunciados pela Justiça.

Ele foi condenado pelo Tribunal do Júri da Comarca de União dos Palmares. A sessão foi conduzida pelo juiz Carlos Bruno de Oliveira Ramos.

g1

23/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *