Haddad muda nome de viaduto em SP e Maluf fica revoltado

Deputado federal (PP) não gostou da mudança do nome do elevado que é conhecido como “Minhocão” na capital paulista: “revanchismo ideológico”

naom_5797479640e8d

A mudança de nome do Elevado Costa e Silva, mais conhecido como Minhocão, para Elevado João Goulart incomodou bastante o deputado federal Paulo Maluf (PP). A alteração foi sancionada pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), nesta segunda-feira (25).

Segundo a Folha de S.Paulo, Maluf, responsável pela construção e pelo “batismo” do viaduto, em 1971, quando era prefeito, chamou a medida de Haddad de “revanchismo ideológico”.

Acontece que Costa e Silva foi o general que comandou o país entre os anos de 1967 e 1969, enquanto Goulart foi deposto no golpe de 1964. O objetivo da gestão de Haddad é acabar com as homenagens a personagens do regime militar, uma vez que muitos deles se associam a torturas.

“Não se apaga a história tirando o nome de uma obra. Isso me parece um tipo de revanchismo ideológico que não existe mais nem em Cuba, nem na China e nem na Rússia”, comentou o ex-prefeito Maluf, comparando a história com Napoleão Bonaparte em Paris.

“Napoleão invadiu a Rússia e 500 mil franceses morreram. Apesar disso, a França o reverencia e ninguém faz um projeto para retirar o nome dele, por exemplo, de Invalides”, finalizou.

Independentemente do nome oficial, o fato é que a maioria dos paulistas continuará chamando o viaduto de Minhocão.

noticiasaominuto.com.br

26/07/16