Garoto de 11 anos atira contra criminoso e impede assalto

wptv-Chris-Gaithe_1461931842624_37223632_ver1.0_640_480

Chris Gaither, um rapaz de onze anos residente da cidade de Talladega, localizada no Alabama (Estados Unidos), conseguiu impedir um assalto disparando contra um criminoso que havia invadido sua casa. O rapaz havia sido deixado cuidando de sua casa por seus pais, no momento em que o assaltante conseguiu entrar na residência – Chris uilizou a arma de seu pai para incapacitar o ladrão e defender a propriedade de sua família. A notícia a respeito do caso bem-sucedido de legítima defesa foi publicada ontem no site jornalístico The Blaze.
Conforme o veículo de comunicação, “o criminoso que tentou realizar o assalto, no estado do Alabama, foi enviado para um hospital local após ter sido alvejado pelo rapaz de onze anos que conseguiu proteger sua residência. O rapaz disparou contra a perna do ladrão, incapacitando-o e impedindo que o invasor tivesse sucesso em saquear a casa da família Gaither”. O The Blaze informa que “Chris Gaither estava sozinho quando o assaltante entrou em sua casa, na cidade de Talladega. O garoto informou à rede de televisão norte-americana WVTM-TV que seu padrasto havia lhe dado instruções a respeito de como empregar armas de fogo em legítima defesa – durante a tentativa de assalto, Chris sacou a pistola semiautomática nove milímetros da família e avisou o criminoso que tinha a intenção de utilizá-la, caso o invasor insistisse na agressão contra o menino”.De acordo com o portal de notícias, Chris Gaither testemunhou: “eu disse a ele que sabia usar a arma e que estava pronto para matá-lo, caso ele não desistisse do assalto e saísse da minha casa”. Apesar das advertências dadas pelo garoto, o criminoso insistiu em continuar com o roubo: “ele começou a descer as escadas, e disse que iria me matar. Ele também me xingou e fez outras ofensas”, com o objetivo de desmoralizar o menino que agia em legítima defesa. O criminoso passou pelo rapaz, e depois tentou sair da residência – o garoto de onze anos então disparou diversas vezes contra o assaltante. Ao todo, o jovem realizou doze disparos com a pistola – os primeiro onze tiros não atingiram o responsável pelo crime mal-sucedido, mas o décimo segundo acertou-o na perna e o derrubou.

O jovem que impediu o ladrão declarou que “a bala foi do tipo Full Metal Jacket. Ela atravessou a perna do bandido, da parte de trás para a frente. Ele começou a chorar, depois disso, como um bebê”. A polícia da cidade de Talladega decidiu não revelar a identidade do assaltante, que precicou rceber cuidados médicos após o tentativa frustrada de cometer um crime.

Chris Gaither e outros americanos que utilizam armas de fogo em legítima defesa são protegidos por legislações conhecidas como “Castle Law” e “Stand-Your-Ground Law“, que podem variar em cada estado dos EUA. A maioria das regiões dos Estados Unidos reconhece o direito à legítima defesa através do porte e da posse de armas de fogo pela população civil. No Brasil, o projeto de legislação conhecido como “PL 3722” pretende devolver aos cidadãos o direito à legítima defesa através do uso das arma de fogo, efetivamente proibido atraves do “Estatuto do Desarmamento”, lei que foi colocada em vigor no ano de 2003 pelo então presidente Luíz Inácio Lula da Silva.

Assista ao depoimento de Chris Gaither sobre a tentativa de assalto:

Diário da Insurgencia