Diego Hypólito foi ameçado de ficar fora das Olimpíadas se participasse de programa

SAO PAULO, BRAZIL - MAY 03:  Diego Hypolito of Brazil competes on the Floor during day two of the Gymnastics World Challenge Cup Brazil 2015 at Ibirapuera Gymnasium on May 3, 2015 in Sao Paulo, Brazil.  (Photo by Friedemann Vogel/Getty Images)

Diego Hypólito participaria do “Domingão do Faustão” neste domingo (17), mas não estava ao lado da irmã Daniele quando a atração começou. E o apresentador Fausto Silva não escondeu o motivo pelo qual o ginasta não estava presente, fazendo duras críticas e afirmando que Diego teria sido ameaçado de não participar dos Jogos Olímpicos.
Daniele tentou minimizar e afirmou que seu irmão não estava presente por causa de compromissos com a seleção na preparação para os Jogos Olímpicos. Mas Faustão não aceitou a explicação da ginasta e disse que poderia ser algo ligado problema com Fernando Carvalho, então técnico de Diego, que foi afastado da delegação em meio a acusações de abuso sexual.
Segundo uma produtora, Diego estava nos bastidores dos programa e chegou a passar mal após uma ligação de alguém do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), ameaçando sua participação nos Jogos caso ele participasse da atração. Por causa do acontecido, Faustão criticou bastante a organização e até atacou o presidente Carlos Arthur Nuzman.
“O fato do treinador ter sido afastado por causa de uma suspeita não tem nada a ver com ele. Aí o dirigente, que deve ser um imbecil, liga para ele antes de entrar no ar e fala manda ele não participar”, disse Faustão. “Ficou o Diego chorando, porque era a chance que ele tinha de receber uma homenagem. Porque a gente sabe que as condições de atletas no Brasil são ótimas, não é? Igual Alemanha, Estados Unidos. Uma decisão imbecil, que só dirigente brasileiro toma uma atitude imbecil assim. A sociedade brasileira espera uma posição de Carlos Arthuz Nuzman, que não deve aparecer”.
Ainda durante o programa, Faustão leu um comunicado enviado pelo COB, que afirmava que a decisão teria vindo de seu novo técnico, Marcos Goto, que não tinha recebido o pedido de Diego para participar do programa e achou melhor não tirá-lo do foco tão perto das Olimpíadas.
esportes.yahoo.com
18/07/16