Corpos são encontrados em mata na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio

Ao menos sete corpos foram encontrados em área de mata, segundo jornal. Publicação diz que vítimas foram executadas e tinham marcas de tiros.

corpo

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil foi acionada para a Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, na tarde deste domingo (20). Moradores da comunidade encontraram ao menos sete corpos numa área de mata na favela. De acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo, os moradores disseram que os cadáveres tinham marcas de tiros e aparentemente foram executados.

Desde este sábado (19), ocorrem intensos tiroteios na Cidade de Deus. No início da noite de sábado, um helicóptero da Polícia Militar caiu próximo à entrada da comunidade e quatro policiais que estavam na aeronave morreram na queda.

Também neste domingo, de madrugada, pelo menos três pessoas foram presas e outra ficou ferida na madrugada  durante operação policial.

Um vídeo divulgado na página ‘Cdd Acontece’, grupo de moradores da Cidade de Deus no Facebook, mostra o desespero de uma mãe que gritava após o intenso tiroteio pela procura do filho. “Vou procurar meu filho agora! Meu filho está dentro do mato, morto! morto! morto! Eu vou entrar. O sangue é meu! Eu sou mãe! — gritava a mãe para os policiais.

Segundo o secretário de Segurança, Roberto Sá, a operação na Cidade de Deus será por tempo indeterminado.

Durante a operação, de madrugada, foram apreendidos três fuzis e duas pistolas, com um suspeito. Outro homem que estava com um rádiotransmissor também foi preso. Ele e o material apreendido foram encaminhados para a 32ª DP (Taquara).

De manhã, outro homem foi preso em flagrante com trouxinhas de maconha na localidade conhecida como Conjunto Itamar Franco e foi encaminhado para a mesma delegacia.

Segundo a polícia ele tem passagens por porte ilegal de arma e associação ao tráfico. Por volta das 10h, a GloboNews também fez imagens de três pessoas sendo conduzidas para a delegacia. Até o começo da manhã, não havia informações sobre a pessoa ferida durante a operação policial.

g1

20/11/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *