Combate ao Aedes aegypti: Dia D será nesta sexta-feira

vt-dengue-300x171

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza, no próximo dia 25 de novembro, por meio do Comitê de Mobilização e Controle de Riscos Ambientais e da Coordenação de Promoção e Educação em Saúde (Copes) da SMS, o Dia D de Mobilização e Controle do Vetor Aedes aegypti, transmissor das doenças como dengue, zika e chikungunya. As ações acontecem na Unidade do Sesc Guaxuma, a partir das 7h.

A programação do Dia D contará com diversas atividades para a comunidade, acadêmicos e profissionais, conforme programação abaixo:

7h30 – Acolhimento

8h – Abertura do Dia D

8h15 – Apresentação da peça teatral Trupe Eduque e Stands de Exposição

8h30 – Atividades educativas com escolares

8h30 – Ciclo de palestras para a comunidade de Guaxuma

10h – Ciclo de Palestras para Acadêmicos

12h – Encerramento

Escolas participantes – Durante todo este mês, 11 escolas municipais e estaduais e igrejas foram sensibilizadas para realizarem mobilizações dentro do ambiente escolar e na comunidade em que está inserida, no intuito de alertar a população dos riscos da proliferação desse mosquito. Confira abaixo as escolas que contarão com programação no dia D:

– Escola Estadual Rosalvo Viana (Santa Lúcia)

– Escola Carmelita Cardoso Gama (CAIC-Ufal)

– Escola Municipal Walter Pitombo Laranjeiras (Ponta Grossa)

– Escola Monte Maria

– Escola Estadual Alfredo Gaspar de Mendonça (Eustáquio Gomes);

– Escola Paulo Bandeira (Benedito Bentes I);

– Colégio Irradiação (Tabuleiro do Martins);

– Escola Municipal Maria de Fátima Lira (Benedito Bentes I)

– Escola Municipal Luiz Pedro (Clima Bom);

– Colégio Santa Lúcia (Jacintinho);

– Igreja Adventista do Sétimo Dia (Santos Dummont).

A Coordenação de Controle de Vetores e Animais Peçonhentos também participa da mobilização, envolvida no trabalho de inspeção e tratamento em 57 escolas e na coleta de pneus nas borracharias e terrenos baldios que ficam às margens da rodovia AL-101 Norte, que corta os bairros de Cruz das Almas a Ipioca. Todas as atividades do Dia D ocorrem em uma parceria da SMS com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e com o Serviço Social do Comércio (Sesc/AL).

Dados epidemiológicos 

De acordo com o Boletim Epidemiológico nº 45 (relativo à semana de 06 a 12 de novembro), foram notificados 4.550 casos de dengue na capital alagoana. No mesmo período de 2015 foram notificados 3.691 casos. Já com relação aos casos de dengue com sinais de alarme foram registrados 54 em 2015 e oito este ano. Os de dengue grave foram oito em 2015 e dois até agora.

O mesmo documento aponta que este ano foram notificados 5.716 casos de febre chikungunya, 219 confirmados por laboratório, 3.735 por critério clínico epidemiológico e os demais estão em investigação. Foram registrados 36 casos graves, 16 confirmados, seis descartados e os demais estão em investigação. Em 2015, no mesmo período, foram notificados 85 casos, 27 confirmados e 58 descartados.

O boletim aponta que foram notificados 5.962 casos suspeitos de zika vírus, sendo nesse universo 352 gestantes. Foram dois casos graves em gestantes. Do total, 142 casos foram confirmados por exame laboratorial e 3.713 por critério clínico-epidemiológico. Em 2015 foram notificados 3.928 no mesmo período, sendo 15 confirmados por exames de laboratório e 3.910 por critério clínico epidemiológico.

Até 18 de novembro deste ano foram recebidos 93 casos suspeitos de microcefalia por infecção do vírus zika residentes em Maceió. Destes, 45 foram descartados e 28 confirmados como microcefalia, possivelmente relacionados ao zika vírus. Houve um óbito.

Ascom/SMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *