Com agenda vazia, Sandy Leah cobra menos que Ludmilla e Nego do Borel e ainda pede ajuda da Família Lima

sandy

A crise pegou Sandy Leah de jeito, infelizmente.

No site oficial da cantora, não há shows marcados para o mês de julho nem para o resto do ano.

Há quem diga que o cachê que a filha de Xororó cobra seria menor que o de Nego do Borel (que é de R$ 40 mil) e de Ludmilla (R$ 50 mil). Tem contratante dizendo que o cachê de Sandy estaria na faixa dos R$ 20 mil, R$ 30 mil em algumas ocasiões.

E tem mais: ela está contando com a ajuda da Família Lima, do qual o marido Lucas faz parte. Todos juntos fazendo shows pode atrair mais público.

Em um site de fã-clube, tem marcado um show de Sandy Leah com a Família Lima para setembro (eles farão a abertura de um congresso de contabilidade em Fortaleza).

Comenta-se também que alguns show de Sandy teriam sido cancelados por falta de venda de ingressos.

Não está fácil para ninguém.

entretenimento.r7.com.br

26/07/16