Casal de idosos troca alianças após 41 anos de namoro

casal

“Aceitar as virtudes de sua companheira é muito fácil. Mas o segredo do amor eterno é saber lidar com os defeitos dela e vice-versa”. A receita para o Dia dos Namorados é do aposentado Girson José de Assis, de 81 anos, que na semana passada resolveu oficializar o relacionamento com a amada Maria Ângela Pereira, de 86. Moradores de Maricá, antes de se casarem os dois namoraram por nada mais nada menos que 41 anos.
— Um dia, cheguei em casa e ela olhou pra mim e disse lamentando que nunca conseguimos casar e que esse era o sonho dela. Não pensei nem duas vezes. E logo fiz a pergunta mais aguardada: “quer casar comigo?” — relembra o aposentado.
Com o “sim” garantido, Girson foi buscar ajuda na Casa do Idoso Mais Feliz — projeto mantido pela Prefeitura de Maricá, no bairro Santa Paula.
casal2
— Quando o casal me contou que queriam oficializar a relação, eu fiquei muito feliz e comecei a pedir ajuda de amigos para conseguirmos fazer uma festa a altura do que eles merecem. Eles ganharam tudo. Decoração, roupa e os comes e bebes — disse a diretora da casa Carmem Helena Martins, que é vizinha do casal.
Maria Ângela conta que o casal se conheceu em 1975, durante uma festa na casa da irmã do Girson, em Copacabana, no Rio.

casal3
— Eu estava triste, porque havia me tornado viúva há poucos meses e ele estava na mesma situação, também tinha perdido a mulher. Quando fomos apresentados, parece que foi amor à primeira vista. Meu coração disparou e logo pensei que poderíamos namorar — relembra dona Maria: — Demos o primeiro beijo naquela noite e nunca mais nos separamos.
Ainda segundo a aposentada, atualmente, quem assumiu a função de cozinhar foi o marido.
— A gente se cuida. Como não temos filhos, é uma grande parceria. Eu arrumo a casa e ele faz a comida. Amo a feijoada dele. Se todos os casais tivessem o mesmo carinho e cuidado e que temos um pelo outro, o mundo seria muito mais feliz. O amor precisa ser regado e o nosso jardim é florido — filosofa a noiva apaixonada.
EXTRA