Atirador tinha 5 contas no Facebook e postou durante o ataque

Investigadores querem que a rede social libere acesso a informação dos perfis

naom_575ea52484937

Autoridades norte-americanas informaram que o atirador Omar Mateen tinha cinco contas no Facebook e fez diversos posts durante seu ataque à boate Pulse, em Orlando.

O Comitê de Segurança Interna do Seando do país elaborou uma carta a Mark Zuckerberg, CEO da rede social. Os investigadores pedem acesso às informações dos perfis mantidos pelo atirador.

Em uma das contas, Mateen teria escrito, dias antes do atentado: “Nos próximos dias vocês vão ver ataques do Estado Islâmico nos Estados Unidos”. Segundo informações do jornal O Dia, FBI ainda está cauteloso sobre as declarações.

“Nós precisamos de ajuda para entender o quadro mais completo da situação”, afirmou o agente Ron Hopper em entrevista coletiva. O governo Obama ainda duvida do ligação entre Mateen e o grupo Estado Islâmico.

Pouco antes de ser executado por agentes da Swat, o atirador chegou a fazer buscas por termos como “Pulse Orlando” e “shooting” (tiroteio). Ele também falou com um amigo e com um produtor de televisão.

NOTÍCIAS AO MINUTO