AL encerra Campanha de Vacinação contra Influenza com a maior cobertura do NE  

Segundo  Mistério da Saúde, meta estabelecida era de 80% e o Estado alcançou 90,1%

Alagoas vacinou 573.831 pessoas contra Influenza e se notabilizou como maior cobertura do Nordeste   Alagoas vacinou 573.831 pessoas contra Influenza e se notabilizou como maior cobertura do Nordeste.

Alagoas encerrou a Campanha de Vacinação contra a Influenza 2016 com a maior cobertura do Nordeste, segundo atestou relatório divulgado pelo Ministério da Saúde (MS). De acordo levantamento do Programa Nacional de Imunização (PNI), foram imunizados 90,1% do público alvo, quando a meta estabelecida era de 80%.

Depois de Alagoas – que vacinou 573.831 pessoas das 636.571 preconizadas – aparecem empatados na segunda colocação os estados da Paraíba e Sergipe, com uma cobertura de 89,2% respectivamente. Em seguida, está Pernambuco, com 89,1%, o Ceará com 88%, a Bahia com 87,2%, o Maranhão com 85,6%, o Rio Grande do Norte com 83,2% e o Piauí com 80,2%.

Já no ranking nacional, o Ministério da Saúde informou que Alagoas ocupou a décima posição, ficando o Distrito Federal em primeiro lugar com uma cobertura de 99,5%. Na segunda posição aparece São Paulo (97%), seguido pelo Espírito Santo (95,25), Paraná (93,2%), Rondônia (93%), Santa Catarina (92,9%), Goiás (92,5%) Minas Gerais (91,8%) e Rio Grande do Sul (90,8).

O público-alvo da Campanha de Vacinação contra a Influenza é formado por crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade, pessoas com 60 anos ou mais, funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis.

Já as crianças que tomaram a vacina pela primeira vez neste ano devem retornar aos postos de saúde para aplicação da 2ª dose até o dia 20 de junho. Para isso, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) já distribuiu às Secretarias Municipais de Saúde o quantitativo de vacinas necessário, segundo informou a assessora do PNI em Alagoas, Denise Castro.

“Graças ao trabalho integrado da Sesau com as Secretarias de Saúde Municipais e a comunicação eficiente na divulgação das informações, Alagoas encerra a Campanha de Vacinação contra a Influenza 2016 com a maior cobertura do Nordeste. Temos que também evidenciar o comparecimento em massa do público alvo, que atendeu ao nosso chamamento”, ressaltou Denise Castro, ao salientar que as pessoas vacinadas estão imunizadas pelo prazo de um ano.

Influenza

E segundo o último Panorama da Influenza em Alagoas, foram notificados 80 casos suspeitos da Influenza este ano, dos quais foram 15 descartados, 30 confirmados e, destes, cinco evoluíram para óbito. De acordo com a técnica do Núcleo das Doenças Imunopreveníveis da Sesau, Claudeane Nascimento, a transmissão dos vírus influenza ocorre pelo contato com secreções das vias respiratórias que são eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar.

“Ela também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas da boca, olhos e nariz. Por isso, a população deve adotar cuidados simples como formas de prevenção, a exemplo de lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar e não compartilhar objetos de uso pessoal”, recomendou.

Josenildo Törres – Agência Alagoas.