Ação conjunta da PM no São Jorge resulta em prisão de suspeitos de tráfico e roubos

Uma operação conjunta da PM, que contou com equipes do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), do 4º e do 5º BPM, resultou na prisão de cinco pessoas suspeitas de envolvimento com tráfico de drogas, roubos e desmanche de veículos. O fato foi registrado na manhã desta quinta-feira (08), nos bairros São Jorge, Serraria e Barro Duro, em Maceió.
Após denúncia de uma das vítimas, os policiais montaram a ação e conseguiram deter os envolvidos em uma residência que servia de abrigo para os materiais subtraídos, bem como veículos, arma e drogas, os quais foram encontrados no local.
Foram presos Jean Marque Melquiades de Lima, de 25 anos, Gustavo Henrique Felix da Silva, de 20 anos, Genaílson Alves de Medeiros, de 41, Lucian Vieira Alves e Joeverton da Silva Santos, ambos com 21 anos, suspeitos de cometer assaltos em bairros distintos da parte alta.
Com o grupo foram encontrados tabletes de maconha, pesando aproximadamente 6,300 quilos da droga, 450 gramas de cocaína e 15 gramas de crack. Nove veículos, sendo seis motocicletas (duas delas com queixas de roubo), um carro Corola (placa clonada), também foram apreendidos. Além disso, as equipes recolheram vários aparelhos celulares, joias, dois revólveres calibre 38, um com seis munições intactas e outro com três, além de três balanças de precisão, entre outros objetos encontrados na casa.
A operação foi coordenada diretamente pelos comandantes das Unidades Operacionais do CPC, tenente-coronel Paulo Eugênio do 4º BPM, tenente-coronel Rocha Lima do BPE e major Mário Palmeira do 5º BPM, juntamente com as respectivas supervisões e guarnições de área; contando ainda com o apoio do BPTran e da delegada Angelita Rodrigues. Os oficiais destacaram que a organização criminosa desbaratada atuava na área da Serraria, Ouro Preto, Rotary, Barro Duro e Sítio São Jorge, áreas de responsabilidade dos respectivos Batalhões.
Todos os envolvidos foram conduzidos à Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis.
Ascom – 09/03/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *