Academia Maceió incentiva qualidade de vida

Academia-Maceio-Foto-Maciel-Rufino-Secom-Maceió-0011-1024x682
Academia Maceió. Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió

Dona de uma das orlas mais bonitas do país, Maceió vem unindo suas belezas naturais com ações de saúde. A Academia Maceió é exemplo disso. Inaugurada em outubro de 2015, na praia de Jatiúca, o equipamento esportivo é dotado de 20 máquinas. O espaço é resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), e a iniciativa privada.

Para o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, parcerias como esta estão proporcionando melhorias na qualidade de vida da população. “É uma oportunidade de unir esporte e lazer. Temos buscado dotar a cidade de equipamentos onde for possível chegar. A Prefeitura tem tido o cuidado de revitalizar, construir e conta com o apoio da população para zelar por esses espaços para que façam bom uso, mas também cuidem dessas áreas que são dos maceioenses”, disse.


Academia Maceió. Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió
Academia Maceió. Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió

Segundo Rui, a gestão está buscando parceiros para levar este tipo de equipamento para outras áreas da cidade. “Serão instaladas três Academias da Terceira Idade (ATI), com estação de ginástica específica para o fortalecimento da musculatura e da capacidade aeróbica, além de alongamentos. Como na Academia Maceió, a obra terá, mais uma vez, o apoio do Banco Itaú, que doou cerca de 60 novos paraciclos, para atender os espaços. Três praças serão beneficiadas com o equipamento”, contou o prefeito.


Academia Maceió. Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió
Academia Maceió. Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió

Na Jatiúca, a Academia Maceió funciona de segunda a sexta-feira, com turmas entre 06h e 10h e outra das 16h às 20h. Já aos sábados, os interessados poderão utilizar o equipamento das 6h às 10h. A matrícula é gratuita, está disponível no local e, para ter acesso, o maceioense deve, além de doar cinco garrafas PET, apresentar documento com foto, CPF e preencher uma avaliação de saúde. O material usado na inscrição é entregue à Cooperativa de Recicladores de Alagoas (Cooprel).

No caso de quem é portador de algum problema de saúde, a inscrição somente será efetuada diante de uma autorização médica para a prática esportiva. Em relação aos menores de idade, eles devem apresentar uma autorização legal e estar acompanhados de um responsável no ato da matrícula.

“Se pensássemos apenas na crise, ações como esta não sairiam do papel. Seguimos buscando parcerias com a iniciativa privada para potencializar a qualidade dos maceioenses. No caso da Academia Maceió, toda a estrutura foi custeada pelo Banco Itaú, além da parceria firmada com a Estácio Fal para manter o serviço. A Prefeitura cedeu o espaço e as instituições ajudam na gestão”, destacou Rui.

Secom Maceió