Criminosos fazem cordão humano com reféns durante roubo

Criminosos assaltaram dois bancos no começo da tarde desta segunda-feira (7) em Fontoura Xavier, no Norte do Rio Grande do Sul. Os alvos foram as agências do Banco do Brasil e do Banrisul, no Centro da cidade.

Um cordão humano foi formado durante o assalto no lado de fora dos estabelecimentos. Eram mais de 30 pessoas, segundo o prefeito José Flavio Godoy da Rosa.

De acordo com o comando do Batalhão de Operações Especiais (BOE) de Passo Fundo, os criminosos chegaram ao local em dois carros, por volta de 13h20. O assalto durou cerca de 30 minutos, atesta o G1.

Durante o roubo, eles obrigaram os moradores da cidade a formarem um cordão humano. Houve ameaças e tiros foram disparados para o alto, relatou o prefeito.

Após o roubo, os assaltantes fugiram em direção ao interior do município levando quatro pessoas como reféns, segundo o prefeito. Elas já foram libertadas e estão bem. Não houve feridos, apesar do susto.

“Graças a Deus já foram soltos, estão ‘ok’ conosco. Mas essas pessoas vão ficar com trauma, certamente”, afirmou o prefeito.

O dinheiro levado não foi informado. Grupos de apoio da Brigada Militar de Soledade e do BOE fazem buscas na região.

“Fontoura Xavier fica numa rota fácil de fuga”, descreve o prefeito.

Na fuga, os dois carros usados na ação foram incendiados. A estrada por onde os criminosos passaram está repleta de miguelitos – uma espécie de prego que é espalhado pela pista para dificultar a aproximação da polícia.

Um helicóptero da corporação sobrevoa a região em busca dos criminosos. A suspeita é que até oito bandidos tenham participado da ação.

07/08/2017